m
Our Mission Statement
This is Photoshop's version of Loremer Ipsn gravida nibh vel velit auctoregorie sam alquet.Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem nibh id elit.
Follow Us
Entre em contato conosco: +55 11 4591-1592
Siga-nos:
Estratégia: como a SWOT pode te auxiliar na gestão empresarial
9336
post-template-default,single,single-post,postid-9336,single-format-standard,mkd-core-1.0,highrise child-child-ver-1.0.0,highrise-ver-1.2,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-down-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-header-style-on-scroll,mkd-full-width-wide-menu,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Blog

Estratégia: como a SWOT pode te auxiliar na gestão empresarial

Compartilhe:

Uma análise SWOT de gestão empresarial pode ser uma forma de encontrar melhores resultados e guiar decisões com maior clareza e verificação, já que essa ferramenta é uma forte indicadora de possibilidades reais dentro de uma empresa.

O SWOT é uma forma de planejamento estratégico, utilizada para identificar forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de uma empresa, e esses resultados quase sempre podem ser utilizados para diferentes tipos de objetivos dentro de uma corporação.

Dentro da gestão empresarial, onde a máxima certeza acerca de resultados e melhorias devem ser focadas, a ferramenta pode ser ainda bem mais utilizada, já que entrega exatamente o que grande parte dos líderes desejam.

Ao longo do artigo abaixo você entenderá mais sobre essa técnica, passando por como ela é constituída, executada e analisada, bem como sua utilização por empresas e como elas podem conquistar novos e fiéis clientes com ela.

O que é Análise Swot?

A análise SWOT ganha esse nome por conta dos significados de sua sigla, sendo, em inglês Strengths, Weaknesses, Opportunities and Threats, tendo como tradução: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças em alguma situação ou negócio.

Dentro dessa análise, são analisados aspectos internos e externos, que são divididos pelas maneiras como a empresa tem ou não participação nos acontecimentos positivos e negativos, que podem desencadear situações diversas.

Em um aspecto interno, existem as  forças e fraquezas. Essas são análises baseadas naquilo que uma empresa pode ter como evidência concreta dentro de sua composição e estrutura, algo que depende unicamente de evidências.

Por exemplo, uma empresa de projeto de stand faz uma análise SWOT com o intuito de trabalhar futuros projetos de reestruturação de cargos, aproveitando uma situação em parte da equipe ou se aposentou ou saiu do emprego.

Previamente, e dentro de um ambiente interno dentro da análise, a empresa percebe que como fraquezas ela possui um quadro pequeno de funcionários, entregas de serviços que demoram mais do que o normal e débitos com clientes antigos, que se repetem.

Como forças, essa empresa tem a tradição dentro da cidade onde atua, sendo conhecida como uma das principais referências do ramo, a utilização de ferramentas de trabalho de última geração, como computador novo, e boa divulgação nas redes sociais.

Dessa forma, podemos ver que todos os aspectos internos, sejam positivos ou negativos, são concretos e fatos que a empresa realmente apresenta, tendo como base verificações, análise de dados, métricas e outras formas de aquisição de informações.

Já em uma análise sobre as questões externas, temos oportunidades e ameaças. Seguindo em uma mesma ideia, essas são verificações baseadas em suposições que podem vir a acontecer, seja em um futuro distante ou em situações eventuais.

Digamos que um grupo de empresas de instalação elétrica está utilizando a análise SWOT para verificar a possibilidade de venda de um de seus negócios para uma outra empresa do ramo, que servirá como investimento para as próximas estratégias.

Assim, os gestores responsáveis desenvolvem análises e descobrem as oportunidades da empresa, como maior interação com o público e grande chance de crescimento pós-investimento, e como ameaça principal falência após vendas sem sucesso.

Nesse e em outros casos, as oportunidades, apesar de fatores que ainda não aconteceram, devem sempre ser colocadas baseadas em possibilidades reais, ainda que distantes de serem concretizadas ou de fato realizadas.

Acontece o mesmo com as ameaças, que quase sempre seguem linhas catastróficas, o que muitas vezes parece exagerado. No entanto, de fato eventuais situações, como eventos da natureza ou pandemias podem acontecer, como exemplo do que ocorreu em 2020.

Com a análise finalizada, é possível verificar cada um dos conformes e fazer um estudo particular e ímpar da situação, algo que quase nunca deve ser efeito de comparação, já que cada empresa é única e deve ser vista de forma diferente.

Não existe um resultado próprio da análise SWOT, e sim uma série de constatações e suposições de estratégias comerciais, que devem ser cuidadosamente traçadas pelos profissionais responsáveis dentro de uma companhia.

Como ela funciona na gestão empresarial?

Com a análise SWOT podemos entender que uma análise geral sobre as possibilidades reais e imaginárias de uma empresa, em pontos negativos e positivos, traz maior segurança e entendimento sobre um negócio ou uma estratégia corporativa.

Essa é uma excelente questão a ser pontuada por gestores e lideranças dentro de empresas, já que é exatamente este tipo de trabalho que deve ser o foco dentro da gestão, ajudando então esses profissionais a alcançarem seus objetivos.

Por exemplo, dentro de um setor de gestão patrimonial que oferece serviços para uma outra empresa, neste caso de contabilidade, a análise SWOT pode apontar as melhores formas de iniciar a consultoria antes que um trabalho seja realizado.

Dessa forma, podemos entender que essa ferramenta funciona dentro da gestão empresarial como uma arma, capaz de oferecer a melhor análise possível daquele serviço que deve ser oferecido, o que anima tanto cliente quanto prestador de serviço.

Essa pode ser uma ótima maneira de prevenir incorporações de empresas dentro de um quadro de clientes que podem acabar resultando graves consequências, já que, em alguns casos, uma análise SWOT pode mostrar uma crise de imagem grave.

Por exemplo, uma empresa fabricante de cartão de visita confeitaria trabalha em uma futura representação dentro de um grande conglomerado de papelaria e livraria, e o gestor dessa companhia precisa utilizar uma análise SWOT para verificar a situação.

Como resultado, o gestor entende que a incorporação da empresa dentro do grupo pode ser prejudicada devido a grandes e recentes polêmicas, algo que pode ser evitado com uma análise feita previamente à reunião para uma assinatura de contratos.

Além disso, é importante utilizar a análise para a criação de oportunidades de negócios entre empresas que vendem para outras empresas, apresentando uma porcentagem e uma análise de dados que mostra a eficiência do trabalho em grupo.

Por exemplo, uma empresa de sistemas de computadores oferece um software próprio para que uma empresa na área de impressão de calendário de mesa possa fazer a contabilidade de seus produtos com uma maior facilidade e produtividade de funcionários.

Como resultado de uma análise SWOT, foi possível encontrar resultados interessantes para a empresa que comprou o sistema, algo que pode ser apresentado pelo gestor da empresa e ser considerado como uma forte índice de fechamento de negócios.

Assim, podemos entender que dentro da gestão empresarial a análise SWOT se faz cada vez mais responsável pelo resultado de novos resultados dentro de um estudo importante para próximas decisões, podendo influenciar clientes na obtenção de serviços.

E a maior qualidade desse serviço é que ele pode ser utilizado em diferentes áreas, como por exemplo:

  • Indústrias;
  • Comércios;
  • Serviços;
  • Agricultura.

Além disso, é possível utilizar essa análise tanto para interesses de empresas que desejam vender para consumidores finais, como clientes dentro de uma produtora que vende gravação de áudio para propaganda, até negócios entre empresas e empresas.

Um exemplo dessa incorporação totalmente empresarial é quando uma corporação oferece soluções para que uma outra melhore seus serviços externos ou internos, implementando mudanças significativas nas formas de trabalhar dentro da empresa.

Uma análise bem executada

Para que a sua análise SWOT ocorra de forma correta, sem erros ou demasiadas suposições, é importante focar em todos os dados e argumentos que serão utilizados na sua gestão para que a estratégia seja montada.

A primeira questão que deve ser considerada durante a construção é a fonte dos dados que serão utilizados. Se forem dados externos, é interessante que a empresa aplique pesquisas, questionários ou faça um levantamento de informações de plataformas.

Por exemplo, dentro de uma empresa de cosméticos, é possível que as páginas de interação com clientes, como redes sociais e sites, contenham informações sobre acessos, curtidas, compartilhamentos e outros tipos de interações.

Já em um levantamento interno, o ideal é que análises de acordo com resultados em sistemas próprios de organização e produtividade façam levantamentos que apontem os resultados e as possíveis falhas dentro de um ambiente corporativo.

Outro fator que auxilia dentro de uma análise bem executada é o fato de que as análises dentro da companhia devem ser sempre que possível guardadas, para que sejam utilizadas à frente como uma forma de comparativo, como se fosse uma evolução.

Conclusão

Seja para a mudança de um cartão de visita pessoal até a movimentação de uma empresa dentro de um setor de investimentos. A análise SWOT pode entregar resultados interessantes e concretos para uma empresa que faz um bom uso da ferramenta.

Comece a fazer já a sua análise, mesmo que sem focos em mente, para que você consiga ver de uma forma ampla e honesta toda sua empresa de forma mais real possível.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

(Imagens: divulgação)

Compartilhe: