m
Our Mission Statement
This is Photoshop's version of Loremer Ipsn gravida nibh vel velit auctoregorie sam alquet.Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem nibh id elit.
Follow Us
Entre em contato conosco: +55 11 4591-1592
Siga-nos:
Redes Sociais Archives - Web Bizz
134
archive,category,category-redes-sociais,category-134,mkd-core-1.0,highrise child-child-ver-1.0.0,highrise-ver-1.2,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-down-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-header-style-on-scroll,mkd-full-width-wide-menu,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

Redes Sociais

O brasileiro é o povo que mais tempo passa nas redes sociais e todo o mundo (em média 21,2 minutos por visita), de acordo com o relatório da consultoria comScore divulgado em 2015. Só o Facebook — principal rede social do país — conta com cerca de 105 milhões de acessos por mês no Brasil. Não é à toa que as marcas estão dando cada vez mais atentas ao marketing nas redes sociais. Neste artigo, veremos 5 estratégias para ajudar sua empresa a alcançar os objetivos que deseja ao atrair e engajar usuários nas redes sociais. Confira! [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] 1. Descubra quais redes combinam com o seu negócio As redes sociais têm propósitos e formatos diferentes. Não adianta estar presente na rede mais movimentada se isso não estiver alinhado aos seus objetivos. Antes de entrar em uma rede social, confira como os já clientes e os clientes potenciais interagem com conteúdos de assuntos relacionados à sua empresa. Analise os perfis de concorrentes. Observe os perfis de influenciadores do seu segmento. Confira o comportamento em grupos no Facebook, tweets, textos no LinkedIn e comentários nas imagens do Instagram. Analisar a sua buyer persona também pode auxiliar nesse processo. 2. Participe ativamente Depois de escolhida a rede, estabeleça uma frequência para compartilhar conteúdo. Já vimos aqui no blog que postar com uma frequência insensata é um dos principais erros na gestão de redes sociais. Poste constantemente, mas com moderação. Tenha em mente que as pessoas que seguem a sua marca não esperam receber apenas atualizações sobre os seus produtos e serviços. Elas também esperam por dicas, novidades e informações pertinentes à indústria em que você atua. Responda a todos os comentários. Mostre-se disposto a solucionar o problema se um usuário fizer uma reclamação. Para...

O Facebook é uma rede social que foi lançada em fevereiro de 2004 e segundo dados divulgados pelo seu criador, Mark Zuckerberg, em novembro de 2015 atingiu a marca de 1,5 bilhões de usuários ativos por mês. Esse número impressiona e sabemos que o contingente só vem aumentando, dia após dia, principalmente, devido ao Facebook Ads. Mas, você sabe o que é essa ferramenta e como usá-la no seu negócio? Confira a seguir! [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] O surgimento do Facebook Ads Como toda rede social, o objetivo é conectar pessoas ou organizações. Compartilhar valores, objetivos comuns e preferências, estreitar laços ou reaproximar contatos. É uma grande teia de relacionamentos. Diante dessa adesão e frequência diária de usuários, foi percebida a oportunidade de divulgar/promover marcas, produtos ou serviços como numa grande vitrine virtual, que tem o seu alcance mundial e milhares de visualizações por dia. Assim nasceu o Facebook Ads. Por dentro da ferramenta e suas possibilidades Os anúncios criados no Facebook Ads tem o objetivo de “estimular o usuário a fazer algum tipo de ação” a partir da visualização do seu anúncio. O tipo de ação dependerá do seu objetivo. Abaixo listamos quais anúncios podem ser feitos. Curtidas: este anúncio pede que o usuário curta a sua fanpage, objetivando aumentar o alcance de publicações e a base de fãs. Impulsionar a publicação: com esta opção é possível impulsionar o alcance da sua publicação, para que mais pessoas visualizem o seu post. Cliques e conversões no site: a primeira estimula o usuário a visitar o site, seja através de um pedido como “clique aqui e saiba como...

Estar nas redes sociais é fundamental para a sobrevivência de qualquer pequena empresa atuante no mercado digital, sendo muitas as vantagens que sua marca pode obter estando próxima dos clientes. No entanto, os benefícios dão lugar a problemas quando certos erros são cometidos. Afinal, se existe proximidade e exposição, nenhum tropeço passará despercebido diante de seus seguidores online. Ninguém deseja ver a própria marca no hall das páginas mal geridas, certo? Para que isso não ocorra com sua empresa, destacamos alguns erros a serem evitados na gestão de redes sociais. [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Utilizar as mídias sociais apenas como meio de se promover O equívoco em achar que as redes devem servir como uma propaganda direta dos produtos da empresa é extremamente comum, sobretudo quando o empreendedor tem pouca noção de marketing digital. Isso acontece, muitas vezes, devido às dificuldades que muitas empresas têm em alinhar estratégias off-line e online. Fazer de sua página uma espécie de folheto de supermercado, com posts direcionados somente a promoções, ofertas e frases apelativas de indução à compra são exemplos de conteúdos pouco atrativos, que geram baixo engajamento do público. Ainda que um perfil comercial tenha as vendas como principal objetivo, é preciso atentar às estratégias de comunicação proporcionadas pelas as redes sociais. Estreitar os laços com os clientes, estabelecer uma relação de lealdade e divulgar conteúdos informativos relacionados aos valores de sua marca, são formas indiretas e eficazes de conquistar fidelizações e novas vendas. Remar contra a maré do engajamento Fazer postagens que não geram curtidas, tampouco compartilhamentos, é um dos erros mais fatais para a imagem de sua empresa. Isso...

Estar presente nas redes sociais se tornou essencial para as empresas nos últimos anos, afinal grande parte dos usuários possuem contas nessas páginas. Com essa demanda tão grande de pessoas, é vital obter informações relativas a esses usuários e também poder promover ações. Por isso, neste post, vamos explicar por que sua empresa não deve utilizar o perfil no Facebook e sim uma fanpage. Acompanhe! [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] As restrições do perfil no Facebook impedem uma boa divulgação Se sua empresa ainda não possui uma fanpage, a hora de criar uma é agora, pois os perfis possuem um número bastante restrito de ações. É necessário entender que o perfil no Facebook é voltado para o aspecto pessoal, e nesse tipo de conta existe um número limitado de até 5 mil pessoas que podem se associar. Essa quantidade de usuários pode até parecer grande a princípio, no entanto, se o objetivo é expandir os negócios, em pouco tempo esse número se mostrará ínfimo. Além disso, tendo um perfil para a empresa, você estará violando um dos termos do Facebook que delimita o uso de perfis apenas para uso pessoal e não profissional, o que em alguns casos pode acarretar punições. Assim, que seja qual for o tamanho da empresa, é essencial criar uma página. A fanpage possibilita um maior conhecimento do público-alvo Entre as vantagens da fanpage está a possibilidade ter maior controle sobre as ações, podendo segmentar o público-alvo e dar um melhor direcionamento para elas. Dessa forma, é possível conhecer melhor aspectos como o comportamento dos usuários, localização e quais seus interesses, de modo a criar...

Em 2006, em uma época em que o Youtube ainda engatinhava e o Orkut dominava a internet do país, a atriz Maria Alice Vergueiro já fazia sucesso em um dos primeiros viriais da web brasileira: o vídeo Tapa na Pantera — que até hoje muita gente não sabe que se tratava de um curta-metragem de ficção. Mas o que essa produção tinha para ser tão compartilhada? Qual é o DNA de um conteúdo viral? Bem, apesar de esse ser um dos mistérios ainda não solucionados da publicidade, hoje já sabemos de alguns caminhos que normalmente esses materiais tomam para se tornar sucessos. Quer saber quais são alguns deles? Então confira! [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Tenha uma opinião Com mais de 55 milhões de visualizações, o vídeo da campanha Love Has No Labels, da ONG Ad Council, mostra o poder das opiniões em tempos de internet. E no Brasil também tivemos o nosso case de sucesso. A campanha do Boticário para o dia dos namorados de 2015, além de ter sido um dos conteúdos mais assistidos do ano — mais de 3 milhões de views até agora —, também foi um dos mais comentados nas redes sociais, gerando conversas dentro e fora da internet. A mensagem precisa ser simples Uma imagem de um vestido publicada em fevereiro foi o suficiente para que milhões de pessoas ao redor do mundo passassem horas conversando — leia-se “discutindo” — sobre a verdadeira cor daquela roupa. E, ao contrário da resposta para ele poder ser azul e dourado ao mesmo tempo, o segredo desse viral é o fato dele ser simples. Existe uma foto e uma pergunta que...

O marketing B2B é aquele feito de empresa para empresa, quando o cliente de uma empresa não é um consumidor final e sim outra empresa. O Facebook e o Twitter são as redes sociais mais utilizadas, tanto por pessoas físicas quanto pessoas jurídicas. Porém, o pulo do gato para uma estratégia de marketing B2B realmente está no LinkedIn. [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Por que o LinkedIn? O LinkedIn é uma rede de 12 anos direcionada para relações profissionais, tanto de empresa com profissionais e vice-versa, quanto de empresas com empresas e também profissionais com profissionais. Lá, deve-se vender seu próprio peixe como profissional e as empresas que possuem uma página por lá apresentam o seu negócio, não só para buscar novos negócios, como também novos colaboradores. O LinkedIn também abriga perfis de influenciadores, tanto dentro de empresas (os gerentes, diretores, presidentes), como aqueles que são influenciadores globais (donos de grandes empresas como o próprio Facebook, SAP, Google...

Já existiu algum tweet ou post do qual você tenha se arrependido amargamente de ter escrito ou compartilhado? Faz parte de um senso comum que as pessoas tenham ética ao publicar suas mensagens ou imagens. E saiba que um deslize nesse sentido para o meio empresarial pode acabar acarretando consequências muito mais graves em função da repercussão que isso acaba tomando. E o post de hoje irá sugerir para os setores de gestão de mídias sociais de marcas e empreendimentos o que nunca deve se fazer quando o assunto são as postagens em suas redes sociais. Acompanhe a seguir e descubra mais! [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Entrar em discussões É do comum social ter certa curiosidade e prazer em acompanhar polêmicas e discussões em posts de redes sociais. Provavelmente, a ocorrência desse fato provocará o interesse de espectadores que estarão ali a postos para julgar e criticar tudo o que for dito. Mas para as empresas que estão sob a lente de vários seguidores, se engajarem nesse tipo de fato irá atribuir reputação super negativa à sua imagem. Portanto, entrar em uma discussão com quem quer que seja, em qualquer circunstância, mesmo que você esteja certo, trará uma repercussão extremamente negativa para a sua marca. Lembre-se que o cliente sempre será a parte vista com mais prezar por todos, independentemente do mérito envolvido ali. Ignorar o que acontece em seu perfil A gestão de redes sociais de muitas marcas é bastante falha nesse sentido. Para muitos clientes ou potenciais compradores, as redes sociais são os canais mais acessíveis de comunicação para tirar dúvidas, relatar algum inconveniente,...

A internet modificou intensamente não só os relacionamentos interpessoais, como também a maneira como as empresas interagem com seus públicos de interesse. Hoje em dia, as pessoas utilizam a web não só para buscar informações como também para se socializar. Neste contexto, as organizações perceberam que também não podem usar só a internet para disponibilizar informação ou serem encontradas, por exemplo, mas que precisam trabalhar a ferramenta de redes sociais para também “socializar” suas marcas, dando-lhes identidade neste espaço, promovendo envolvimento dos clientes com suas causas e conceitos e alavancando estratégias de marketing. E para te ajudar a entender como é possível usar as redes sociais para engajar clientes, revertendo este trabalho em resultados positivos para sua empresa, trouxemos algumas dicas no post de hoje! Descubra a seguir como é possível criar maior engajamento com os seguintes passos: [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Conheça seu público para planejar sua estratégia nas redes sociais Defina seu público-alvo, estude suas características, comportamentos e preferências e, em seguida, determina a forma como irá se posicionar para atingi-lo adequadamente. Segmentando seu público (que nem sempre é homogêneo), separando-o por faixa etária, por gostos, hábitos, hobbies, é possível saber qual a rede social que melhor funcionaria para cada tipo de pessoa, podendo diversificar sua estratégia de modo a ter perfis não só no Facebook, por exemplo, como também no Twitter, LinkedIn, Instagram, ou até mesmo um canal educativo ou informativo no YouTube, para agregar o máximo de valor e relevância possível a seus consumidores e potenciais clientes. Diversifique os canais, mas integre-os Sempre que possível, é necessário fazer com que as diferentes...

As redes sociais e o mundo digital já fazem parte de todo o processo diário de qualquer pessoa, passando por agendamento de compromissos, compartilhamento de conteúdo e ideias, expansão de contatos e tantos outros. É difícil imaginar o mundo de hoje sem essas presenças? E se a todo o momento estamos interagindo com outras pessoas, pergunto: por que não se comunicar com as marcas também? E pensando nisso, separamos algumas dicas para sua empresa entrar nas redes sociais ganhando seguidores satisfeitos com o conteúdo produzido por sua página. Confira: [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Conheça as redes sociais e identifique qual delas combina mais com o seu negócio São inúmeras redes sociais existentes hoje em dia. Cada uma com um público específico e, consequentemente, com uma finalidade diferente. Engana-se quem acha que é necessário estar ativo em todas elas. Escolha a que combina mais com o seus objetivos e a que vai ser uma ferramenta importante para disseminar seu conteúdo e para conversar com a sua audiência. Abaixo, listamos algumas características das principais redes: Twitter: É um canal bastante simples e que proporciona uma conversa direta com o seu público. São mensagens rápidas, diretas e que proporcionam muita interação. É uma oportunidade ímpar para a empresa que deseja conversar com com seu cliente e pode respondê-los com bastante eficiência. Google+: Apesar de não muito popular, devemos ter uma atenção especial a ele. Isso porque trata-se de uma rede do Google, e a presença nela contribui para um bom rankeamento no site de busca. Além disso, há uma página direcionada para empresas em que é permitida a...

Atualmente, com o advento da internet, é muito comum que as pessoas entendam que as distâncias estão menores do que em qualquer outra época da História da humanidade. E por este motivo, muito da forma como vemos as coisas e principalmente as relações com outras pessoas mudou consideravelmente, proporcionando um nível de interação que jamais foi visto, especialmente por causa das redes sociais. Pois quando falamos das empresas e dos negócios, estas mudanças ficam ainda mais evidentes, já que novas formas de divulgação e de interação para com clientes e consumidores foram criadas. Portanto, vamos falar desta evolução proporcionada pelas redes sociais, com especial destaque para o Facebook e para o LinkedIn, que são dois exemplos distintos que acabam servindo para fins muito similares e próximos: ajudar os negócios. [vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] Inscreva-se em nossa newsletter [/vc_column_text][vc_column_text]E receba periodicamente nossos melhores conteúdos e as notícias mais relevantes em seu email[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width="1/2"][vc_single_image image="7778" img_size="full"][/vc_column][vc_column width="1/2"][vc_column_text][contact-form-7 id="8359" title="Formulário CTA posts"][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] O potencial para conectar pessoas As redes sociais apresentam um potencial impressionante para conectar pessoas, e por este motivo, podem ser ferramentas mais que fundamentais para quem deseja alavancar negócios e ganhar mais dinheiro por meio de uma interação mais constante com seus clientes e consumidores. Atualmente, as redes sociais somadas contam mais de 1,5 bilhão de pessoas, em um número que só faz crescer, o que significa que há um potencial imenso a ser explorado e que este potencial tende a aumentar de tamanho com o tempo. O Facebook Pois do número impressionante de mais de 1,5 bilhão de pessoas conectadas pelas redes sociais, a maior parcela está no Facebook, que é disparada a rede social mais popular do mundo. E com isto, o Facebook também é a rede social que melhores retornos podem proporcionar...