fbpx
Our Mission Statement
This is Photoshop's version of Loremer Ipsn gravida nibh vel velit auctoregorie sam alquet.Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem nibh id elit.
Follow Us
Siga-nos:
Marketing de Conteúdo – Web Bizz
187
archive,category,category-marketing-de-conteudo,category-187,mkd-core-1.0.3,highrise child-child-ver-1.0.0,highrise-ver-1.5,,mkd-smooth-page-transitions,mkd-ajax,mkd-grid-1300,mkd-blog-installed,mkd-header-standard,mkd-sticky-header-on-scroll-down-up,mkd-default-mobile-header,mkd-sticky-up-mobile-header,mkd-dropdown-slide-from-bottom,mkd-dark-header,mkd-header-style-on-scroll,mkd-header-standard-in-grid-shadow-disable,mkd-search-dropdown,mkd-side-menu-slide-from-right,wpb-js-composer js-comp-ver-6.7.0,vc_responsive

Marketing de Conteúdo

Aumentar as conversões é objetivo de toda empresa que investe em estratégias de marketing digital. No entanto, para fazer isso de forma qualificada, é necessário um processo de apuração, mensuração e análise mais aprimorada de cada ação realizada por seus leads, conceito este que chamamos de “Lead Scoring”. Em outras palavras, o Lead Scoring é uma forma de avaliar as características e “movimentos” de cada um lead em suas estratégias, possibilitando gerar uma pontuação de relevância. Mas para entender melhor como isso funciona na prática e, principalmente, como esse tipo de avaliação pode influenciar suas vendas qualificadas, nós preparamos este post com algumas dicas e informações úteis sobre o conceito de Lead Scoring. Sendo assim, sem mais delongas, vamos direto aos pontos. Boa leitura! [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] O que Lead Scoring? A tradução para Lead Scoring seria literalmente “pontuação de leads” e, na prática, é basicamente essa a ideia da metodologia. Como bem destacamos mais acima, este conceito serve como uma forma de avaliar, mensurar e classificar as perspectivas e ações realizadas pelos leads, gerando assim uma escala de importância entre eles para determinada organização. Ou seja, a partir dessa pontuação, é possível que a empresa crie uma visão mais ampla sobre os perfis gerais de seus leads, classificando-os entre mais ou menos relevantes para o seu negócio. Como implementar o Lead Scoring? Por se tratar de uma tarefa completamente analítica e estratégica, implementar o Lead Scoring na prática requer softwares específicos de automação de marketing. E indiscutivelmente, o RD Station é a principal referência de qualidade para a implementação dessa metodologia e da mensuração das informações e dados necessários para esse tipo de...

Como os seus clientes encontram a sua empresa no Google e quais termos e soluções pesquisadas poderiam gerar mais tráfego direto às suas páginas? Se você já tem essas respostas, é sinal de que conhece a importância das palavras-chaves no funcionamento dos sites de buscas. No entanto, agora é preciso saber e conhecer algumas estratégias essenciais para usar isso a favor de seu negócio e tornar a sua empresa uma referência nos resultados dessas pesquisas. Quer saber mais sobre o tema e como colocar tudo isso em prática em sua empresa? Então, continue a leitura até o final e tome nota das dicas que separamos a seguir. Vamos começar? [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Afinal, o que são as palavras-chaves no marketing? As palavras-chaves tão frequentemente abordadas nas estratégias de marketing digital são, na prática, palavras ou termos devidamente escolhidos e trabalhados em conteúdos para alavancar mais tráfego e ranquear melhor aquele texto nos motores de busca. Mas calma! Isso não significa dizer que, quanto mais frequência uma palavra-chave é usada em um texto, aquele material necessariamente será o primeiro nas pesquisas. Pelo contrário, isso pode inclusive atrapalhar no posicionamento das pesquisas. O fato é que, cada vez mais, com o aumento constante da criação de novos conteúdos na Internet, o Google e outros buscadores levam em conta diferentes fatores para melhorar o ranqueamento dessas publicações e nada tem a ver com a quantificação, mas sim com a qualidade, relevância, originalidade e otimização correta de SEO. E como as KWs influenciam suas estratégias de marketing? As KWs (keywords, palavras-chaves em inglês) são fatores essenciais para o ranqueamento de um conteúdo nos motores de busca e,...

Quando você procura algo no Google, já percebeu que, muitas vezes, dispensa os primeiros resultados de anúncios patrocinados e pula direto para os artigos e páginas mais abaixo, que são mais detalhadas e direcionadas ao que você busca? Pois bem, esses conteúdos se posicionam ali graças ao tráfego orgânico. De acordo com pesquisas, 73% dos usuários que utilizam sites de buscas preferem buscar informações em links orgânico aos anúncios pagos e, sem dúvidas, isso inclui muitos de seus clientes e leads também. Por isso, hoje, vamos abordar com mais detalhes o que é tráfego orgânico, qual a sua importância no marketing digital e como sua empresa pode trabalhar melhor essa estratégia na prática. Boa leitura! [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Afinal, o que é tráfego orgânico? Em uma definição geral dentro do marketing digital, o termo “tráfego” se refere ao volume de acessos que um canal online recebe, seja por meio de anúncios pagos, seja por meio de visitas espontâneas. Logo, o tráfego orgânico se relaciona a este último caso, quando os acessos são oriundos de ações, estratégias ou conteúdos publicados em algum de seus canais, sem o investimento direto de patrocínio. Em outras palavras, o tráfego orgânico é a conquista de novos acessos em suas páginas sem custos direto, basicamente por meio de estratégias de inbound marketing. Qual a importância disso para o seu negócio? Como bem destacamos, apesar de anúncios pagos terem importante relevância em suas estratégias de marketing digital, na prática eles geram resultados diferentes do tráfego orgânico. Ou seja, links patrocinados geram tráfegos enquanto há investimentos diretos por trás e isso não necessariamente significa resultados mais satisfatórios. Já o tráfego orgânico, quando estrategicamente...

A sua empresa já definiu as estratégias de marketing digital para 2022? Bom, não é mais novidade em nenhum mercado que o consumo online cresceu consideravelmente nos últimos anos e que investir em campanhas e ações digitais é fator imprescindível para qualquer negócio nos dias de hoje. Apesar disso, diversas empresas ainda encontram dificuldades em obter resultados reais na prática e, principalmente, em direcionar as suas estratégias de forma adequada e ao público correto. Por isso, aproveitando o momento da virada do ano, hoje nós trouxemos 3 motivos essenciais para rever o seu planejamento e investir em marketing digital em 2022 de forma estratégica e com foco em resultados. Vamos conferir? [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Afinal, por que investir em Marketing Digital em 2022? Como bem resumimos, investir em marketing digital hoje não é só mais uma questão de diferenciação ou de dar destaque à sua empresa no ambiente online. Pelo contrário! Tal estratégia visa, inclusive, a sobrevivência e competitividade de seu negócio, qualquer que seja a área de atuação. Em outras palavras, sem o marketing digital nos dias atuais, uma empresa praticamente deixa de existir aos olhos do mercado e dificilmente conseguirá competir ou se tornar uma referência à altura dos concorrentes que investem nessas ações. Ou seja, investir em marketing digital em 2022 é fator estratégico para que qualquer negócio se torne apto a se comunicar, a vender, a converter e a agregar credibilidade e referência no ambiente mais importante da atualidade para os negócios: a internet. 3 bons motivos para apostar nessa estratégia em 2022 Para demonstrar melhor o porquê de investir em marketing digital em 2022, nós destacamos 3 razões...

De acordo com um levantamento recente, mais de 50% das empresas brasileiras ainda têm dificuldades em definir suas estratégias de marketing digital e boa parcela desse cenário se dá pela falta de planejamento e mau direcionamento de suas ações. Dessa forma, é cada vez mais necessário apostar em soluções especializadas e focar suas ações no que, de fato, o seu mercado demanda. Não é à toa que, de anos para cá, novas agências de Marketing B2B vêm ocupando este mercado e preenchendo uma lacuna que agências convencionais não estão devidamente capacitadas. E para entender melhor esses diferenciais e saber de uma vez por todas, porque seu negócio precisa dessa solução, nós preparamos este post para destacar como uma agência de marketing B2B atua na prática. Vamos conferir? [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Por que investir em uma agência de marketing B2B? O marketing digital é extremamente amplo e dinâmico, além de proporcionar um cenário cada vez mais competitivo e complexo para diversos segmentos. Com isso, ao longo dos anos, as campanhas precisaram ser cada vez mais direcionadas e com uma abordagem praticamente personalizada a cada tipo de mercado trabalhado. Portanto, se a sua empresa é B2B e precisa se comunicar e vender diretamente com outros negócios, é fundamental que suas estratégias e ações estejam devidamente alinhadas com essa demanda. O que nem sempre ocorre na prática, em especial, quando se trabalha com agências convencionais e generalistas. Quais as vantagens dessas agências? Como você deve saber, o mercado B2B é específico e demanda conhecimentos mais técnicos e estratégias bem diferentes do que as utilizadas no varejo, por exemplo. Dessa forma, uma boa agência de marketing B2B precisa...

Qualquer que seja o objetivo e tamanho de sua campanha, as plataformas de automação de marketing são ferramentas indispensáveis, tanto para traçar as estratégias mais adequadas, como para monitorar e mensurar os resultados gerados. E hoje, indiscutivelmente, a RD Station Marketing é o que há de mais completo e dinâmico neste quesito, permitindo uma gestão completa de campanhas de marketing e proporcionando uma visão detalhada de todas as ações realizadas em sua campanha. Mas para entendermos melhor o que são, como funcionam e qual a importância de se trabalhar com essas plataformas de automação de marketing, nós preparamos este post com dicas e informações úteis sobre o tema. Bora conferir? [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Afinal, o que define “automação de marketing”? Quem pretende investir em campanhas de marketing digital, certamente se deparou alguma vez com essa ideia de “automação”. E o seu conceito prático, de fato, faz todo sentido nos dias de hoje, em que a tecnologia tomou lugar crucial nas definições estratégicas de qualquer campanha. Em outras palavras, a ideia de automação de marketing literalmente se refere a utilização de inúmeras tecnologias para definir, monitorar, mensurar e escalar ações e estratégias de marketing em uma empresa. E, na prática, isso basicamente se faz a partir de softwares específicos ou das chamadas plataformas de automação de marketing, como a RD Station. Mas como funciona o RD Station na prática e quais suas vantagens? Imagine que essas plataformas de automação de marketing sejam uma espécie de “máquina de fazer clientes” para a sua empresa. Ou seja, você alimenta essa ferramenta com “insumos” necessários de suas campanhas e ela passa a produzir dados, informações e resultados de...

Qualquer que seja a informação que você precise hoje, certamente a sua primeira fonte de pesquisa é o Google, certo? Bom, mesmo que você também recorra a outros tipos de buscadores, como Yahoo, Bing ou mesmo Youtube, todos eles lhe trazem resultados relevantes, principalmente por conta de duas estratégias essenciais no marketing digital: SEM e SEO. Dessa forma, antes mesmo de entender o que é cada uma delas e como elas funcionam na prática, já podemos adiantar que, se a sua empresa ou projeto quer também ser destaque nessas pesquisas nos buscadores, saiba que é fundamental conhecer e saber implementar ambas as estratégias de forma adequada em suas ações digitais. Por isso, preparamos este post com dicas cruciais sobre SEM e SEO e como a união dessas duas modalidades é fator chave para o sucesso de suas campanhas. Vamos conferir? [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Afinal, o que é SEM e SEO? Começando pelo significado de ambas as siglas, SEM é abreviação de Search Engine Marketing, enquanto SEO vem de Search Engine Optimization. Ou seja, o primeiro está mais ligado a um conjunto de estratégias de marketing com base nos motores de busca e o segundo se refere à otimização dessas estratégias para agregar resultados de forma orgânica. Ainda não ficou muito claro? Então, vamos por parte! Vamos imaginar que o SEM é um conjunto amplo e diversificado de estratégias de marketing de busca que as empresas utilizam para alavancar melhores resultados nas plataformas de pesquisa, sejam elas pagas ou gratuitas. Dessa forma, quando você investe em publicidade no Google Ads, em links patrocinados, cria um blog para conteúdos no site, elaborar landing pages para...

Em tempos de estratégias digitais, saber definir bem a Persona em suas ações de Inbound Marketing é fator crucial para o sucesso de qualquer campanha da empresa. No entanto, apesar de parecer algo simples de se desenhar, nem sempre essa tarefa é realizada adequadamente pelas equipes internas, especialmente dentro de um mercado B2B. E consequentemente isso pode acarretar em falhas de comunicação com o público, direcionamentos ineficientes e até mesmo perda de dinheiro com estratégias sem nenhum resultado. Por isso, hoje, preparamos este post exclusivo só para trazer dicas e informações úteis sobre como montar uma Persona em estratégias de Inbound Marketing B2B e a real importância disso para suas campanhas. Podemos começar? Então, boa leitura. [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Afinal, o que é uma Persona B2B? Se você já investe em estratégias de inbound marketing e marketing digital para a sua empresa, muito provavelmente já se deparou com o conceito de Persona por aí, certo? Mas vamos lá! Na prática, Persona seria um personagem semifictício criado pela sua empresa, com base em dados e comportamentos reais, que representa o perfil ideal daquele cliente que você pretende atingir. Em outras palavras, a Persona – ou buyer Persona – deve sintetizar todas as principais características de um cliente ideal de seu negócio para que, assim, seja mais fácil e viável traças as estratégias e direcionamentos com maior foco em suas necessidades. Logo, podemos considerar também que a definição de uma Persona B2B segue a mesma lógica de raciocínio, com a diferença de que os perfis criados precisam atender as características e necessidades de uma empresa e não mais de um consumidor final. Continue para entender com...

Quem já aplica ou compreende a importância das estratégias de marketing digital para empresas, certamente já se deparou com o termo “lead” ao se referir aos seus clientes. Mas você sabe, de fato, o que é lead e por que ele é tão importante para o seu negócio e suas campanhas digitais? Bom, para entender melhor este conceito e saber como e por que trabalhá-lo de forma estratégica, nós preparamos este post exclusivo sobre o tema. Sendo assim, confira a leitura até o final e descubra quem são seus leads e como atraí-los para aumentar as vendas de seu negócio. [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] Afinal, o que é lead? De forma direta e objetiva, o lead é um consumidor em potencial que, de alguma maneira, se mostrou interessado em algum serviço ou produto de sua empresa. E no âmbito do Marketing Digital, isso pode se dar de infinitas formas, como por exemplo, por meio de conteúdos publicados em seu blog, por ações de newsletter, por materiais ricos disponibilizados para download, pela otimização de seu site etc. Sendo assim, o lead é alguém ou empresa que chegou até seu site ou material publicado e realizou alguma ação que demonstre interesse, como comentário, contato, download, pergunta, preenchimento de um formulário etc. E qual a importância dos leads para seu negócio? Toda empresa quer atrair mais clientes e aumentar suas vendas! Porém, no Marketing Digital, esse objetivo se torna muito mais direcionado e assertivo por inúmeras razões. Por exemplo, o fato de simplesmente ter um site publicado na internet pode lhe render algumas visitas mensais. Mas quantas delas realmente se convertem em clientes reais e vendas? É justamente...

Usar o marketing digital para aumentar vendas de sua empresa é sem dúvidas uma estratégia fundamental nos dias de hoje e, certamente, isso já é de seu conhecimento! No entanto, na prática, isso pode englobar uma série de ações e campanhas, que nem sempre o gestor sabe como e por onde começar, o que pode acarretar baixos resultados e, até mesmo, em investimentos sem retornos satisfatórios. Por isso, se você quer realmente investir em estratégias de marketing digital e, consequentemente, aumentar as suas vendas, não deixe de conferir a leitura até o final e saiba quais passos seguir. Vamos conferir? [vc_row content_aligment="center" css=".vc_custom_1607775549925{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column css=".vc_custom_1607775564927{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"][vc_column_text css=".vc_custom_1607775580004{padding-top: -25px !important;padding-bottom: -25px !important;}"] new RDStationForms('formulario-cta-blog-f0ec08852c27aa624cec', 'UA-46401124-1').createForm();[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row] 1. Inbound Marketing Quando se fala em estratégias de marketing digital para aumentar vendas, inevitavelmente é preciso destacar o Inbound Marketing. Isso porque, trata-se de um conjunto de ações indispensáveis aplicadas ao ambiente digital e que tem como foco as dores e desejos do seu cliente. Em outras palavras, enquanto o tradicional Marketing Outbound visa basicamente vender seus produtos ao consumidor final, o Inbound tem por objetivo atrair, conhecer e trabalhar cada perfil potencial de consumo por meio de inúmeras estratégias e ferramentas, para aí sim, direcionar suas vendas de forma mais assertiva e eficiente. 2. Marketing de Conteúdo Entre as principais estratégias de marketing digital para aumentar vendas, também é válido destacar o papel do Marketing de Conteúdo hoje em dia. Afinal, o consumo de conteúdos online é cada vez maior no mundo inteiro e se a sua empresa consegue o devido destaque nas buscas e disponibiliza informações relevantes ao que o leitor procura, tenha certeza de isso será convertido em vendas também. 3. E-mail Marketing Essa estratégia é amplamente utilizada pelas...